BLOG

Anúncio do Fed faz dólar cair e Ibovespa subir mais de 1%

17/07/2018

Anúncio do Fed faz dólar cair e Ibovespa subir mais de 1%


O dólar comercial começou a perder força no início da manhã, após declarações do presidente do Fed, Jerome Powel, de que pretende manter a alta dos juros de forma gradual. A moeda, que iniciou o dia em alta, tem recuo de 0,18% ante o real, cotada a R$ 3,857 -- no início dos negócios, chegou a ser negociado a R$ 3,88. Já o Ibovespa, principal índice de ações local, opera em alta de 1,16%, aos 77.547 pontos.

Durante seu pronunciamento, Powell afirmou que a inflação está perto da meta, mas que a melhor estratégia é mesmo manter a alta dos juros de forma gradual, o que trouxe um alívio para os mercados emergentes, afastando o risco de mais altas do que o previsto durante o segundo semestre do ano. O “dollar index”, que mede o comportamento da divisa frente a uma cesta de dez moedas, tem alta de 0,21%.

Apesar disto, um dos fatores que contribui para que a moeda americana continue acima dos R$ 3,85 é a cena política nacional, com o mercado cada vez mais cauteloso com a proximidade do período limite para que os partidos políticos confirmem suas candidaturas e coligações.

"O dia mais negativo no mundo deve impactar os ânimos por aqui também e fazer com que o mercado local tenha resultados negativos", avaliou Rafael Bevilacqua, estrategista da Levante Investimentos.

Na véspera, a divisa americana encerrou os negócios com uma sutil alta de 0,08% ante a moeda brasileira, negociada a R$ 3,868. O que pesou para este resultado foi a desvalorização das commodities no exterior.

Essa pressão sobre as commodities também afetou o desempenho das ações da Petrobras, que ontem fecharam em queda, mas hoje ensaiam uma recuperação. As preferenciais (PNs, sem direito a voto) estão cotadas a R$ 18,06, queda de 1%. As ordinárias (ONs, com direito a voto) são negociadas a R$ 20,70, alta de 1,57%.

Ainda entre as mais negociadas, as da Vale sobem 1,10%. Além da mineradora, o desempenho das ações dos bancos também contribuem para os ganhos do Ibovespa. As preferenciais de Itaú Unibanco e Bradesco sobem, respectivamente, 0,79% e 0,92%. No caso do Banco do Brasil, a valorização é de 1,94%. Os bancos possuem o maior peso na composição do Ibovespa.

Nos Estados Unidos, o Dow Jones tem queda de 0,05%. Já o S&P 500 tem desvalorização de 0,19%. (de O Globo)





Cursos