BLOG

Brasil tem menor crescimento entre as economias do G-20

17/09/2018

Brasil tem menor crescimento entre as economias do G-20


O Brasil teve o menor crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre entre as maiores economias desenvolvidas e emergentes que formam o G-20, comparado ao trimestre anterior, aponta a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Em levantamento divulgado hoje em Paris, a entidade mostra que a expansão real da economia brasileira entre abril e junho, de 0,2%, contra 0,1% no trimestre anterior, corresponde à da França, de 0,2%, ante 0,2% no trimestre anterior. A taxa brasileira é a menor positiva -- na sequência, aparecem México (-0,2% contra 1,0%) e África do Sul (-0,2% ante -0,7%), que sequer tiveram expansão.

No G-20 como um todo, o crescimento do PIB melhorou ligeiramente no segundo trimestre, para 1%, comparado a 0,9% nos três meses anteriores. A maior expansão ocorreu no Japão, com 0,7%, após contração de 0,2%. E acelerou fortemente nos EUA, para 1%, contra 0,5% no trimestre anterior.

A maior desaceleração ocorreu na Turquia, país em crise, com crescimento de 0,9%, contra 1,5% nos três meses anteriores. A OCDE não publica os últimos dados da economia da Argentina.

Em termos anuais, até o segundo semestre a economia brasileira fica também na laterna, com crescimento de 1%, à frente apenas da África do Sul, com 0,5%.

Por sua vez, a Índia registra o maior crescimento anual até o segundo trimestre, com 8%. A China vem em segundo, com expansão real de 6,7%, seguida da Turquia, com 5,5% de avanço, e da Indonésia, com 5,2% de aumento.

A economia dos Estados Unidos cresceu 2,9% em um ano até o segundo trimestre e a União Europeia avançou 2,1%.

O PIB é a medida padrão do valor de bens e serviços produtos por um país durante um determinado período. (do Valor Econômico)





Cursos