BLOG

Economia americana cresce 3,2% no 1º tri e supera as previsões

26/04/2019

Economia americana cresce 3,2% no 1º tri e supera as previsões


A economia dos Estados Unidos cresceu a uma taxa anualizada de 3,2% entre janeiro e março de 2019 -- resultado melhor do que o previsto por muitos economistas, em meio a um cenário de debilidade econômica global, aumento das tensões comerciais e de uma paralisação parcial do governo americano.

O desempenho ficou acima dos 2,2% de expansão apurados entre outubro e dezembro de 2018 e dos 3% estabelecidos pelo presidente americano, Donald Trump, como evidência de funcionamento de seu programa econômico. A expectativa do mercado era de um avanço de 2,3% a 2,5% para o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no primeiro trimestre deste ano.

O crescimento nos três meses até março refletiu a recuperação das exportações, que subiram 3,7%, o aumento dos gastos dos governos federal e estadual e o maior investimento em estoques privados. Esses ganhos foram parcialmente compensados, no entanto, por uma menor taxa de crescimento dos gastos de consumidores e empresas.

Os gastos dos consumidores subiram 1,2% no primeiro trimestre de 2019. A medida de inflação preferida do Federal Reserve, o índice de preços de despesas com consumo pessoal sem alimentos e energia, teve aumento de 1,3% no período, abaixo da meta de 2%. O índice cheio subiu 0,6% entre janeiro e março, depois de elevação de 1,5% nos três meses finais de 2018.

Por sua vez, o fechamento parcial do governo federal na maior parte de janeiro subtraiu 0,3 ponto percentual do PIB no primeiro trimestre deste calendário, após ter retirado 0,1 ponto do resultado da atividade nos três últimos meses do ano anterior.

Para o economista-chefe do Barclays Plc., Michael Gapen, ao mesmo tempo em que o 3,2% é um "bom número", o gasto do consumidor "tem de ficar mais forte para a economia permanecer em expansão". (do Valor Econômico)





Cursos