BLOG

Greenspan prevê correção em bolsas e sugere buscar abrigo

19/12/2018

Greenspan prevê correção em bolsas e sugere buscar abrigo


O ex-presidente do Federal Reserve Alan Greenspan afirmou que o rali das bolsas americanas está perto do fim e que os principais índices acionários não vão se estabilizar nos patamares atuais.

Segundo ele, até pode haver novas altas no curto prazo, mas depois haverá uma correção.

“Seria muito surpreendente ver os mercados meio que se estabilizando e depois voltando a subir. [...] No fim desse rali, busque abrigo”, comentou em uma entrevista para a CNN.

Os mercados americanos já têm sofrido nas últimas semanas, com os investidores preocupados com a tensão comercial entre EUA e China e sinais de desaceleração da economia global.

Ainda assim, segundo Greenspan, o principal motivo para a recente volatilidade nos mercados é o “aumento pronunciado nos juros reais de longo prazo”. Para ele, os EUA podem até mesmo viver um período de estagflação, ou seja, crescimento quase nulo e inflação elevada. “Quanto tempo vai durar e quão grande vai ser, ainda é muito cedo para dizer”, comentou na entrevista para a CNN.

Ele ainda afirmou não ver sinais de que o Fed, comandado por Jerome Powell, esteja cedendo à pressão feita pelo presidente Donald Trump, que nesta terça-feira escreveu no Twitter que o banco central vai “cometer outro erro” se elevar os juros nesta semana.

“Não vejo evidências disso [a possibilidade de o Fed ceder à pressão]. A cultura do Fed simplesmente não permite isso. Nós ouvimos, às vezes respeitosamente, às vezes não. Mas nós mudamos nossas políticas? Não”, afirmou.

Greenspan, atualmente com 92 anos, foi um dos presidentes mais longevos do Fed, comandando o BC americano de agosto de 1987 a janeiro de 2006. (do Valor Econômico)





Cursos